terça-feira, 16 de janeiro de 2018

#18 | DICA DE LIVRO | Jeni | 2017 | O que eu sei de verdade - Oprah Winfrey



Livro: O que eu sei de verdade
Autora: Oprah Winfrey
Editora: Sextante
Páginas: 144
Ano: 2017


"Mesmo em meio à tempestade, há um arco-íris colocado por Deus, nas nuvens. Está agradecendo porque não existe problema criado que possa se comparar ao Criador de todas as coisas. Diga obrigada!"

Ler um livro da Oprah foi empolgante, ah ela é a Oprah, citadas em séries e filmes, atriz de vários filmes e série (ela está na série Greenlife, uma série muito boa).
O livro fala sobre o que ela entende de verdade no mundo, tipo, lições de vida. Ela usa as coisas corriqueiras da vida para ensinar isso, fala sobre sua alimentação, sobre seu peso, sobre sua carreira, sobre Deus, sobre o amor, e sua horta, sim ela tem Horta.
Uma das frases que mais gostei fala sobre como as pessoas te enxergam: "algumas pessoas se irritam quando você supera as expectativas limitadas  que elas sempre tiveram a seu respeito".  Beijinho no ombro para vocês. 😂
"O que realmente mede sua coragem não é o fato de você alcançar ou não seu objetivo - é de ter decidido levantar e sacudir a poeira independentemente de quantas vezes tenha fracassado". Ela continua e menciona que seguir os seus sonhos mais loucos renderá para você as experiencias mais marcantes e empolgantes. Vamos povo realizar tudo que sempre sonhamos, esse é o ano. 
O livro é curtinho e fácil para ler. Esse seria um daqueles livros para se ler em um dia.


Beijo grande e boa leitura!

sábado, 13 de janeiro de 2018

Passado, Presente... Futuro!

Fala, fala, galerinha!! Como estão?

Sim, eu sei, eu sei... faz muito tempo que não nos vemos, masssss.... estou de voltaaa!!! Uhuuuu!!😀

Espero que vocês estejam tão felizes quanto eu!! rs😅

E pra começar o ano, vamos de reflexão. Sim, é clichê, mas acho que é necessário, ainda mais no inicio de um novo ciclo.

Não sei quanto a vocês, mas todo início de ano, quando começo a pensar nas novas metas e objetivos, me vem á memória uma infinidade de coisas que já se passaram, situações que vivi ou que deixei de viver.
esteja presente! #pensamentoindiePra completar toda essa "fossa", ainda escolhi um livro pra ler, logo de cara, que me remeteu á um passado muito distante, mas que ainda me incomoda. Histórias que se iniciaram e nunca tiveram um final. E daí, aquela costumeira pergunta reverbera na mente: "E se eu tivesse falado? E se eu tivesse vivido? Se eu tivesse permitido? Se eu tivesse aceitado?" Nunca saberei se teria dado certo ou não. Nunca saberei como o rumo da minha vida teria mudado se eu tivesse tomado outras decisões. E isso passa a ficar ainda mais irritante depois que você ultrapassa a barreira do trinta anos. Sim, meus caros amigos, já passei da casa dos trinta e como diz a música da Sandy "Tenho sonhos adolescentes, mas as costas doem", é uma total realidade. Quando você atinge uma certa vivência, as coisas sem importância parecem tomar proporções grandiosas, afundando nossa mente por becos sem saída, tentando imaginar o que poderia ter sido diferente, melhor ou pior, aqui ou em outro país... sei lá... coisas desse tipo... Irrelevantes até mês passado, mas constantemente assombrosas de uma hora pra outra.

Para enviar colaborações, acesse: frasespoesiaseafins.tumblr.com/submitMudei muito nesse tempo que passei longe de vocês. Engravidei, Guilherme vai fazer dois anos daqui um mês. Boa parte do meu afastamento foi em função dessa readequação de vida. Não consegui e ainda tenho muita dificuldade em fazer várias coisas que fazia antes da gestação, mas aos poucos estou aceitando esse novo mundo e me aceitando como uma nova pessoa. Talvez eu conte pra vocês um pouco da minha maternidade em posts vindouros. Mas assim é o barato da vida. Estamos em constante mudança, tudo que entra em contato com a gente, seja aquela sensação boa ou de total apreensão, nos transforma. O que precisamos é aceitar as transformações, se elas forem boas, e nos refazer, caso a experiência não tenha sido de grande valia.

O passado? É impossível esquecê-lo. Ele faz parte da nossa história e de quem nós somos. O presente é a verdadeira mudança, a verdadeira transformação, é o que traz movimento á nossa vida. O futuro será definido conforme o que vivenciarmos nas duas etapas anteriores.

Não deixe seu passado te sufocar, viva! Sinta-se vivo! Renove-se!
Não deixe seu futuro te intimidar, o que está por vir não chegou. Deixe a ansiedade de lado!
E sim, se deixe levar pelo presente, viva-o o mais intensamente possível, pois no futuro ele será a história de um passado gratificante.

Obrigada por me acolherem de volta! Feliz 2018!

Fonte: Imagens do Pinterest
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...