quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

#25 | DICA DE LIVRO | Jeni | 2016 | A Esperança - Suzanne Collins


Autora: Suzanne Collins
Editora: Rocco Jovens Leitores
Ano: 2011 
Páginas: 424



"O volume final da trilogia Jogos Vorazes, de Suzanne Collins, é exatamente o livro pelo qual os fãs esperavam: complexo, imaginativo e, ao mesmo tempo, brutal e humano. Depois de sobreviver aos jogos por duas vezes, Katniss Everdeen tentará se encontrar no papel de símbolo de uma revolução, enquanto luta para proteger sua mãe e sua irmã no meio de uma guerra. A série, com mais de quatro milhões de exemplares vendidos apenas nos Estados Unidos, é o mais novo fenômeno da literatura jovem dos últimos tempos, e mistura ficção científica com reality show, passando pela mitologia e pela filosofia com muita ação e aventura.
Katniss conseguiu sair da arena pela segunda vez, mas, mesmo assim, ainda não está a salvo. A Capital está irritada e quer vingança e, por isso, inicia uma represália a toda a população. Numa trama tão violenta quanto psicológica, Suzanne Collins consegue provocar, em A Esperança, um debate sobre a moral e os valores da guerra e as consequências das escolhas feitas por cada um dos personagens". (Skoob).

O livro é dividido por partes, na terceira parte a história fica "loucamente envolvente" cheia de acontecimentos que marcam as decisões de Katniss. Peeta aparece no livro de uma forma que antes não o conhecíamos (a mudança tem seus motivos - que vocês irão descobrir lendo, não vou dar spoilers -).
A brutalidade encontrada nos representantes da Capital e também da Rebelião, são totalmente complexos e chocantes. Para alcançar seus objetivos tudo é valido, a ideia é de que os fins justificam os meios. Essa ideologias é uma famosa frase atribuída a Nicolau Maquiavel, que significa que qualquer iniciativa é válida quando o objetivo é conquistar algo importante. Para sintetizar a ideia, os governantes devem estar acima da ética e da moral dominante para alcançar seus objetivos ou realizar seus planos. Snow usa destes princípios para destruir Katniss, pois ela agora não pertence a uma fagulha da revolução ela é a própria revolução, ela é o TORDO.
Carregar esse simbolismo custa carro para a Katniss, que tem a todo momento que refletir até onde ela deve ir em nome da causa. É através dela que vamos progredindo na guerra e entendendo o que se passa em Panem.



Beijo Grande e Boa Leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Deixe um recadinho! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...