terça-feira, 14 de junho de 2016

Vigiar os Sentidos

Olá Galera, tudo em dia?

No dia 21 de Maio de 2016 uma jovem foi estuprada por vários rapazes no Morro do Barão, a sociedade brasileira e mundial entrou em convulsão, como ato de tamanha repulsa poderia ter sido praticado. Este Morro é a moradia de um dos maiores traficantes do Rio de Janeiro, que atende por apelido Da Rússia ou Lobo Mau como ele gosta de ser chamado, após algumas semanas do ocorrido, ao menos quatro dos seus comparsas estão envolvidos no caso.

Da Rússia tem uma rotina adaptada a camuflar as suas atividades ilícitas, essas são desenvolvidas à noite e na madrugada, no seio da mata serrada é onde ele se aloja com o seu Bando, uma extensão da Floresta Tijuca. Neste local de difícil acesso somente os mais próximos do Lobo Mau sabe onde ele vai dormir, como na área existe várias barracas improvisadas e uma casa de alvenaria com geradores e fogões improvisados, nunca se sabe ao certo qual delas ele estará, por isso faz ao menos dois anos que a polícia busca captura-lo, mas sem sucesso.

Da Rússia se tornou um expert em fugir, sempre alerta. Me ponho a pensar, será que encontramos no meio cristão tamanha vigilância como a do Da Rússia? Ele sabe que um vacilo, é morte ou cadeia, e nós sabemos uma brecha aberta pelo adversário, pode nos levar a morte espiritual. 

Como manter a Vigilância Cristã? “Todos devem vigiar os sentidos, do contrário Satanás alcançará vitória sobre eles; pois essas são as avenidas da alma. Deves tornar-te fiel sentinela de teus olhos, ouvidos e todos os sentidos, se quiseres dominar a mente e impedir que vãos e corruptos pensamentos te manchem a alma. Só o poder da graça pode realizar esta tão desejável obra. O Lar Adventista, p. 401

Tudo que vemos, ouvimos, tocamos, saboreamos e cheiramos geram pensamentos e emoções estes podem ser puros, santos e castos, ou corruptos, profanos e vis, e ao alimentar essa última classe, o Adversário domina o ser por completo tornando-o escravo.

O Apóstolo Pedro aconselha “Sede sóbrios, vigiai, porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar” (1 Pedro 5.8).

Numa Onomatopeia, o Diabo é um ser que está com fome de destruição, e no cirandar das vítimas, ele entorpece os sentidos e os controla ao seu bel prazer.

Que haja um despertar no povo de Deus a começar por mim, e guardemos as avenidas da alma, permitindo somente a entrada da Divindade.


Um Forte Abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Deixe um recadinho! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...