domingo, 21 de fevereiro de 2016

QUANDO ME APAIXONEI PELA LEITURA?



Essa pergunta acredito ser uma das perguntas mais difíceis para um leitor responder, pois não existe um dia específico e nem uma hora exata, o processo muitas vezes vai acontecendo ao poucos, lentamente, e quando percebemos viramos leitores compulsivos, que não pode ver uma estante de livros que já fica lendo as lombadas, para ver se acha livros que já lemos, fora a curiosidade de sabermos quais livros  a pessoa gosta.
Tentando resgatar na minha frágil memória como essa vontade e curiosidade para ler surgiu, voltei na época da minha primeira infância, e lembro de ter uma estante grande na sala, onde meu pai guardava seus livros, lembro também de ir com ele na casa aberta, uma espécie de feira cultural religiosa, onde podíamos encontrar livros, vídeo cassete, brinquedos, ouvir música gospel e comprar comida vegetariana. Assim que aprendi a ler na primeira série, com meus 7 anos, meus pais começaram a comprar livros infantis, os primeiros foram Bíblias, de diversas formas, depois lembro de ganhar vários livros do nosso amiguinho, amo eles até hoje, a escola onde estudava (Colégio Adventista Paul Bernard) teve um forte peso nas minhas escolhas literárias, a escola toda tinha desenhos da turma do nosso amiguinho, e além de fazer vários musicais, onde pessoas vestiam as roupas da turma e cantavam. Foi nesta época que iniciei minha trajetória neste mundo encantado. 
Na adolescência descobri na biblioteca da escola os livros da série Vaga-Lume, me apaixonei pela escrita do Marcos Rey e li tudo que achei naquela biblioteca. Superando aí a média nacional de leitura. Nesta "vibe" de ler autores nacionais, descobri também Machado de Assis e Dom Casmurro se tornou meu livro favorito por muito tempo. 
Nesta época meus voos na literatura não eram muitos extensos, ainda não conhecia a "magia" que existe dentro de uma livraria, frequentava só bibliotecas públicas, da escola, do bosque perto de casa e a biblioteca municipal. 
Só comecei a frequentar livrarias, estranhamente, só depois que comprei um computador e coloquei uma internet discada em casa. Acredito que descobri primeiro às livrarias on-line e seu imenso acervo, para depois descobri que existem várias na minha cidade. O medo de comprar qualquer coisa on-line naquela época era enorme.
Também comprava livros em edições econômicas nas bancas de jornais e revista Avon. Foi nesta época que ler só 12 livros por ano não era mais suficiente, no primeiro momento dobrei esse número, passei a ler em torno de 24 livros por ano. Hoje leio 40 livros por ano e penso que ainda é pouco, quero ler bem mais que isso. A cada dia busco me organizar para fazer da leitura uma companheira diária e não só do final de semana e feriado. 

E aí, qual é sua experiência com a leitura? 


Beijo grande!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Deixe um recadinho! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...