quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Histórias Apaixonadas - Pedro Bandeira



Olá, povo lindo do meu Brasil!
Essa resenha é uma das muitas que tenho para colocar aqui no blog, mas estou com problemas técnicos (notebook quebrou) para postar. Peço perdão para vocês leitores, por não ter cumprido as datas do meu último post a tempo, estou tentando tampar esse buraco postando atrasado. 
Metas atualizadas - AQUI -. 


Autor: Pedro Bandeira
Editora: Ática
Ano: 2011
Páginas: 136
Série: Voo Livre
Literatura Infantojuvenil brasileira

Neste livro você vai encontrar histórias para todos os gostos, de ciúmes, ilusão e descobertas. 
O amor reina nos 7 contos escritos brilhantemente por Pedro Bandeira. 
Edvaldo quer conquistar Melissa, mas se atrapalha todo. Dico morre de raiva quando sua mãe diz que vão hospedar uma menina. Lene e Didi são tão amigos que trocam confidências sobre suas paqueras. Elaine vai passar seu aniversário em outra cidade e não está nem um pouco feliz com isso. Para Amelinha, seu namorado Marcel é perfeito - pena que nem todo mundo concorda.
Já Caroline sonha com um príncipe encantado, enquanto trabalha e estuda muito. Por fim, Marina quer ficar com Renato, mas na verdade, acha que isso não basta. Sete histórias de amor que farão seu coração bater mais forte.

Muitos autores de sucesso começam cedo a escrever seus livros, porém Pedro destoa desta maioria, foi em 1972 com 30 anos que ele resolveu escrever histórias para crianças para completar a renda de Jornalista. Onze anos depois ele publica o seu primeiro livro "O dinossauro que fazia au-au". Depois do sucesso conquistado com o segundo livro, Pedro decidiu ser escritor profissional. Abandonou os trabalhos que já tinha tido até então - de jornalista, publicitário e professor - e se dedicou à literatura infantojuvenil. Já lançou mais de cem livros, todos para esse público. Infelizmente não conheci o Pedro  Bandeira na minha infância, descobri suas obras através de conversa com uma colega de trabalho, professora de Português, que admira o autor e gosta de usar suas obras em sala de aula.
A partir deste momento comecei a pesquisar sobre o autor e suas obras, e cada dia que passa me encanto mais com seu jeito peculiar de escrever. 
Gosto muito de ter um "leque" de livros bons na mente para quando meus alunos me perguntarem que livro eu indico da biblioteca, poderei falar sem pestanejar um número considerável de autor e títulos.
Outra curiosidade sobre o autor é sua paixão pelo cinema ele diz que o cinema contribuiu muito na formação dele como escritor.

"Eu aprendi com os roteiristas a contar uma história de um jeito rápido. Eles precisam contar tudo em menos de duas horas! Aprendi a fazer cortes para deixar a história bem ágil".


Beijos e até mais...


________________________
Cumprindo as datas propostas, mesmo que seja um "século" depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Deixe um recadinho! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...