sexta-feira, 1 de maio de 2015

Ben Carson - Ben S. Carson e Cecil Murphey


Olá, povo lindo! Para quem mora no nosso Brasil, hoje é dia do Trabalhador, feriado, então hoje é um dia mega feliz! Nada melhor do que postar, a melhor biografia que li na vida para vocês.
Esse é o meu 12º livro lido esse ano. Metas atualizadas _ AQUI_.

<<<<<<<<<Esse post contém SPOILER, tome cuidado!>>>>>>>>>>

Autor: Ben Carson e Cecil Murphey
Editora: CPB
Ano: 2004
Páginas: 272
Carson, Ben | Neurocirurgiões - Estados Unidos - Biografia.

"Bennie, você não nasceu para ser um fracassado. Você pode fazer isso! Apenas peça ao Senhor, e Ele o ajudará".

A biografia do Ben Carson é repleta de infortúnios que precisam ser superados, pois nascer em 1951, em um humilde bairro de Detroit, pobre, com ainda um forte o racismo presente no EUA, não foi fácil! Ele tinha nascido "determinado" ao fracasso, muitos poderiam pensar, mas a mãe de Ben ou Bennie, como ela costumava o chamar, não pensava assim, ela tinha uma visão clara do sistema, e não se deixou contaminar. Com sua sabedoria tomou atitudes firmes com seus filhos, podando tudo que ela achava que poderia os prejudicar no seu desenvolvimento intelectual.
Para "ajudar", aos 8 anos, Ben presencia a separação dos pais. Um forte peso estava sobre os seus ombros. A sociedade daquela época travava casos como o de Ben, sem futuro, muitas vezes levantando afirmações deprimentes. Ben seria capaz de ter um futuro melhor?  
Suas notas eram as piores da quinta série da Escola Elementar Higgins . Seus amigos o ridicularizavam, e o chamava de burro. Com toda aquelas afirmações sendo dirigida para ele, em um certo momento Ben começou a acreditar que era mesmo um idiota.
Sua mãe sempre conversava com Ben, e com o seu irmão Curtis sobre o potencial dos dois. Sobre como eles eram capazes de realizar tudo que desejasse, assim como todo mundo. Ela nunca se referia aos outros alunos como os brancos, ela tinha uma concepção de que todo mundo, não passa de pessoas, a questão da cor da pele não faz de ninguém melhor ou pior. (Santa sabedoria). Ela dizia "Ora, vocês também podem fazer isso, e podem fazer melhor!
Pode parecer simples essa frase, mas Ben sabia que sua mãe não estava falando só da boca para fora, ela estava verbalizando o que realmente acreditava. Isso faz toda a diferença.
As primeiras mudanças ocorrem quando Carson começou a usar óculos, as palavras e números da lousa começou a fazer um pouco de sentido. Suas notas saíram do F para D. Sua mãe não se contentou e disse: "Você pode fazer ainda melhor, e eu vou ajudá-lo". Mais uma mudança foi preciso ser feita para para o progresso de Carson. A primeira meta era decorar as tabuadas. A segunda meta, acrescento aqui, a mais imprescindível, foi a de que Ben e Curtis, não poderiam mais perder tempo na frente da TV, só poderiam assistir por semana três programas, previamente selecionados, e para finalizar com chave de ouro, eles deveriam ler por semana dois livros, sendo que no final da semana deveria ser apresentado um relatório do que foi lido.  
Essa nova disciplina nos estudos acarretaram criticas pesadas para Sonya, a mãe de Ben. Por ter uma visão clara do mundo, sabia que quando tomamos medidas mais firmes em um mundo onde a ideologia é viver seguindo suas paixões e sem regras, sofremos censura dos amigos e familiares. 
Ben relata que "lendo tanto, meu vocabulário automaticamente melhorou juntamente com minha compreensão. Logo me tornei o melhor aluno de matemática quando lidávamos com problemas de narrativas". 
O progresso de Ben foi tão grande, que quando entrou na sétima série já era o melhor aluno da classe. 
Hoje ele é um famoso neurocirurgião dos EUA, além de ser escritor, psicologo e professor. 
Será que existe mesmo essa questão de nascermos determinados para o fracasso ou para o sucesso? Ou isso depende das nossas escolhas na vida? Ben poderia não ter obedecido sua mãe, e ter crescido como um adolescente rebelde, porém ele sabia que a melhor opção seria obedecer, pois sua mãe sabia o que estava fazendo.  Além de tudo isso, ele tinha fé que existe um Deus que vê tudo do céu, e pode ajudar aqueles que estão dispostos a pedir. Carson com 8 anos teve sua primeira experiencia com Deus, e com a mesma idade descobriu que queria ser médico, através de uma pregação na igreja que falava de médicos missionários.  
Ben ao poucos foi percebendo que precisava que Deus tomasse o rumo da sua vida, pois na adolescência ele não conseguia controlar seu temperamento explosivo. Deus precisou operar um milagre na sua vida, a partir desta época ele começou a ler a Bíblia diariamente. 
Carson sempre coloca Deus na frente de tudo que faz, e tem em mente que Cristo não fará o que cabe a você fazer. 


Beijo Grande!   


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Deixe um recadinho! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...