terça-feira, 3 de junho de 2014

Parábola de Jesus: A Drácma Perdida

Olá Galera, como estão às coisas? Tudo nos conformes?

Sapeando na internet, encontrei no Yahoo uma reportagem muito interessante (Vide aqui) do norte-americano Andrew George, ele decidiu fotografar as pessoas em fase terminal, essa ideia surgiu quando a mãe de um amigo muito próximo faleceu, e em seu memorial havia tantas palavras de carinho que ele decidiu retratar esses últimos momentos de vida desses anônimos. Outra parte interessante do projeto foi a aproximação do fotografo com as pessoas, ele passou a conhecer as histórias de vida destes esquecidos, e percebeu o quanto a vida é maravilhosa e impressionante, a força pujante das pessoas lutando para viver e como as coisas simples do viver passaram a ter grande valor. Mesmo fotografando os últimos momentos da vida destes enfermos, Andrew afirma que conheceu pessoas maravilhosas que mesmo em face da morte ainda eram felizes.

Jesus em um de seus ensinamentos por parábola, conta a história da Dracma perdida que é descrita dessa forma: “Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até achar? E achando-a, convoca as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque já achei a dracma perdida. Assim vos digo que há alegrei diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende”. Lucas 15:8-10.

Na época de Jesus era comum a mulher ao se casar receber do Pai algumas moedas que servia como seguro para subsistência caso o seu esposo viesse a falecer e assim ela não ficar desassistida em suas necessidades, nessa parábola encontramos uma mulher, provavelmente viúva que guardava esse presente paterno, mas uma dessas moedas por descuido foi perdida, e com receio de ter dificuldades de subsistência ela procura desesperadamente essa moeda realizando uma grande faxina, e por fim essa encontra a sua dracma.

Essa história me faz pensar no valor que as coisas e as pessoas têm pra nós, passamos a vida correndo atrás de ter, e somente nos damos conta que o ter só terá valor se tivermos familiares e amigos próximos de nós para comemorar as vitórias e chorar conosco as derrotas da vida.

Perder um bem é muito triste, mas perder alguém que se ama é uma dor irreparável, por isso nos tornamos pessoas evoluídas quando decidimos fazer outras pessoas melhores e felizes, o cofundador do Netscape, Marc Andreessen em uma entrevista recente (Vide aqui), ele destacou como vivemos numa sociedade egocêntrica quase incapaz de buscar a felicidade do outro, e nessa busca de si mesmo as pessoas só querem fazer aquilo que elas amam, mas não querem amar o que fazem, não querem fazer algo nobre e dignificante que torne as outras pessoas felizes.

Andrew decidiu não fazer o que gostava, fotografar pessoas a beira da morte, mas fazer algo que ajudasse e retratasse a vida em sua ultima batalha pela existência. Há uma esperança, a morte não é o fim de tudo, a bíblia diz: “E Deus limpará de seus olhos toda lágrima; e não haverá mais morte , nem pranto, nem clamor, nem dor, porque já as primeiras coisas são passadas”. Apocalipse 21:4

Está chegando dia, que o próprio Jesus limpará a ultima lágrima dos olhos de seus filhos, diariamente Ele se inclina e sofre com os seus amados, nem uma única lágrima derramada ou clamor passa despercebido pelo Divino Mestre. “Tu contas as minhas vagueações; põe as minhas lágrimas no teu odre. Não estão elas no teu livro?” Salmos 56:8.

Hoje é o dia de assumirmos uma postura nobre diante de Deus e das pessoas que nos rodeiam, precisamos recuperar o perdido, talvez seja um aluno que pelo seu histórico de vida é considerado irreparável, talvez um amigo que se enveredou no mundo das drogas e está em vias de ser assassinado, o fato é que podemos fazer alguma coisa, o mundo será melhor se começar por mim, que Deus nos Abençoe e no pouco tempo que falta para Vinda do Mestre, nós possamos ser o reflexo de Jesus, e nos pequenos atos desinteressados que fizermos ao nosso semelhante estes, possam sussurrar exclamação “Deus me visitou”.


Um Baita Abraço e até a Semana que vem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Deixe um recadinho! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...