terça-feira, 27 de maio de 2014

Parábola: O Rico Sem Juízo

Olá Galera tudo bem com vocês? Bem, aqui em POA o frio chegou, confesso que não nasci para isso, tenho impressão que nessa época do ano as pessoas, inclusive eu tendem mais ao mau humor.

Qual é o maior objetivo da sua vida? Aonde você deseja chegar? Talvez você respondesse divagando assim:

– Na área emocional, quero casar e ter filhos;
– Na área educacional, concluir a faculdade e seguir se atualizando;
– Na área profissional, se tonar presidente de uma grande multinacional;
– Na área cultural, ler os maiores clássicos da humanidade e ir regularmente ao teatro;
– Na área social, fazer parte de uma ONG e reabilitar usuários de drogas;
– Na área espiritual, ir à igreja nos horários de cultos e participar de algumas programações;
– Resumindo, eu quero ser feliz.

Nas diversas atividades que uma pessoa se propõe a fazer, no fundo ela está buscando a felicidade, almeja encontrar um propósito para sua existência e desfrutar das benécias que há nessa vida. Jesus vendo o perigo que se corre ao buscar a felicidade, Ele deu a seguinte advertência em forma de parábola:

 “E propôs-lhe uma parábola, dizendo: A herdade de um homem rico tinha produzido com abundância; E arrazoava ele entre si, dizendo: Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos. E disse: Farei isto: Derrubarei os meus celeiros, e edificarei outros maiores, e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens; E direi a minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga. Mas Deus lhe disse: Louco! Esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é aquele que para si ajunta tesouros e não é rico para com Deus”. Lucas 12:16-21

Na busca de ser feliz, não é muito difícil de se perder, esquecer o objetivo inicial, se emaranhar com as diversas “oportunidades” disponíveis, e assim viver triste, o homem da parábola ajuntou muita riqueza, provavelmente este tenha conseguido tudo que almejava, e se você o entrevistasse perguntando se ele é feliz, a possível resposta dele seria: – Eu tenho tudo que quero, logo eu sou feliz. Mas naquele mesma noite o homem vem a falecer, a pergunta a se fazer, valeu a pena? Ele realmente era feliz, ou simplesmente pensava que era?

Jesus chamou este homem de louco, por que gastou todo o seu tempo acumulando para ser feliz, ele não se fez rico para com Deus e por fim perdeu a felicidade Eterna. Nós podemos ser felizes aqui com Deus, mas a felicidade plena só virá na eternidade para aqueles que renunciarem a si mesmo para fazer outros felizes.
Não gaste tempo ajuntando aquilo que não tem valor para o céu, dentre em breve haverá uma classe numerosa de pessoas que perceberam que foram ricos para com os homens, mas pobres para com Deus.


Que Deus seja contigo, e que todos os seus objetivos sejam para honrar e glorificar o Criador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Deixe um recadinho! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...