quarta-feira, 26 de março de 2014

Namoro - parte II - Nunca Namore Uma Mulher que Viaja


Nunca Namore Uma Mulher que Viaja

Parece brincadeira o que escrevo hoje, mas após ler este texto em outro blog achei tão verdadeiro e honesto que logo pensei – gostaria que todos entendessem um pouquinho como são as pessoas com espírito “passarinho”. Você reconhece facilmente elas, estão em qualquer lugar e parte do mundo. São de todos os lugares, mas sentem que não pertencem a nenhum deles; só estão de passagem. São mais espontâneas, simples e desapegadas que a maioria das pessoas, mas nunca deixam de valorizar o Essencial da vida (a letra maiúscula é de propósito).

A versão original está em inglês, surpreendentemente  a autora recebeu seu texto em diversas traduções. Sem entender nem um 1/3 delas, tive a comprovação que somos um mesmo povo, que tem a mesma necessidade de amar e ser amado e ser respeitado. VIAJE!

Nunca Namore Uma Mulher que Viaja

Ela é aquela menina que tem  cabelo bagunçado, descuidado e queimado de sol. Sua pele agora está longe daquele tom pálido que costumava ter. Não chega nem a ser bronzeada. É queimada mesmo, com várias linhas de sol, cicatrizes e picadas por toda parte. Mas para cada marca em sua pele, ela tem uma história interessante para contar.
Nunca namore uma garota que viaja. Ela é difícil de contentar. O tradicional jantar mais cineminha não vai funcionar com esse tipo de garota. Sua alma clama por novas experiências e aventuras. Ela nunca se impressionará com seu novo carro ou com seu relógio caro. Ela preferiria estar escalando uma montanha ou saltando de para quedas do que ficar ouvindo você falar essas coisas chatas.



Nunca namore uma garota que viaja. Ela vai ficar te enchendo para fazer uma reserva toda vez que rolar alguma promoção de passagem aérea. Ela não vai querer ir aos bares da moda e ela nunca vai pagar mais de R$100,00 para entrar em algum  lugar. Porque ela sabe que um fim de semana na balada equivale a uma semana em algum lugar bem mais interessante.


Muito provavelmente ela não conseguirá manter um emprego fixo. Ou provavelmente ela vá ficar o tempo todo sonhando em se demitir-se. Ela não está disposta a ficar ralando para realizar o sonho de outra pessoa. Ela tem seus próprios e está trabalhando para realiza-los. Ela vira freelancer. Começa a fazer dinheiro com seus desenhos, torna-se escritora, fotógrafa ou algo que exija criatividade e imaginação. E não ouse desperdiçar o tempo dela queixando-se sobre o seu trabalho chato.



Nunca namore uma garota que viaja. Ela deve ter desencanado de seguir a carreira na qual se formou e mudou completamente de profissão. Agora ela deve ser instrutora de mergulho ou professora de yoga. Ela nem deve saber exatamente quando entra o   próximo contra cheque. Mas pelo menos ela não trabalha o dia inteiro feito um robô. Ela se joga e recebe o que a vida tem a oferecer e ainda te desafia a fazer igual.



Nunca namore uma menina que viaja porque ela escolheu uma vida de incertezas. Ela não terá planos e nem endereço fixo. Ela irá com o fluxo e seguirá os desígnios de seu coração. Ela vai dançar na toada de sua própria percussão. Ela não usa relógio, seus dias são regidos pelo sol e pela lua. Quando as ondas chamam, a vida para e ela fica alheia a tudo naqueles instantes. Mas ela também aprendeu que a vida não é só surf.

Nunca namore uma garota que viaja porque ela costuma dizer o que pensa. Ela nunca se esforçará para impressionar os seus pais ou seus amigos. Ela sabe respeitar os outros, mas não vai ter medo de debater questões globais ou responsabilidade social.



Ela nunca vai precisar de você, ela sabe armar uma barraca e colocar as quilhas na prancha sozinha. Ela cozinha e não precisa que você pague suas refeições. Ela é independente demais e não vai estar nem aí se você for viajar com ela ou não. Ela nem vai se lembrar de fazer o check in com você quando chegarem ao destino, ela está muito ocupada vivendo o presente. Ela fala com estranhos, ela vai encontrar um monte de pessoas interessantes do mundo todo que pensam como ela e dividem os mesmo sonhos e paixões. Ela vai ficar de saco cheio de você.

Sendo assim, nunca namore uma garota que viaja a não ser que você consiga acompanhá-la. E caso você, sem querer, se apaixone por uma, não ouse prendê-la… Deixe a ir.
Don’t date a girl who travels

She’s the one with the messy unkempt hair colored by the sun. Her skin is now far from fair like it once was. Not even sun kissed. It’s burnt with multiple tan lines, wounds and bites here and there. But for every flaw on her skin, she has an interesting story to tell.




Don’t date a girl who travels. She is hard to please. The usual dinner-movie date at the mall will suck the life out of her. Her soul craves for new experiences and adventures. She will be unimpressed with your new car and your expensive watch. She would rather climb a rock or jump out of an airplane than hear you brag about it.



Don’t date a girl who travels because she will bug you to book a flight every time there’s an airline seat sale. She wont party at Republiq. And she will never pay over $100 for Avicii because she knows that one weekend of clubbing is equivalent to one week somewhere far more exciting.




Chances are, she can’t hold a steady job. Or she’s probably daydreaming about quitting. She doesn’t want to keep working her ass off for someone else’s dream. She has her own and is working towards it. She is a freelancer. She makes money from designing, writing, photography or something that requires creativity and imagination. Don’t waste her time complaining about your boring job.





Don’t date a girl who travels. She might have wasted her college degree and switched careers entirely. She is now a dive instructor or a yoga teacher. She’s not sure when the next paycheck is coming. But she doesn’t work like a robot all day, she goes out and takes what life has to offer and challenges you to do the same.





Don’t date a girl who travels for she has chosen a life of uncertainty. She doesn’t have a plan or a permanent address. She goes with the flow and follows her heart. She dances to the beat of her own drum. She doesn’t wear a watch. Her days are ruled by the sun and the moon. When the waves are calling, life stops and she will be oblivious to everything else for a moment. But she has learned that the most important thing in life isn’t surfing.

Don’t date a girl who travels as she tends to speak her mind. She will never try to impress your parents or friends. She knows respect, but isn’t afraid to hold a debate about global issues or social responsibility.




She will never need you. She knows how to pitch a tent and screw her own fins without your help. She cooks well and doesn’t need you to pay for her meals. She is too independent and wont care whether you travel with her or not. She will forget to check in with you when she arrives at her destination. She’s busy living in the present. She talks to strangers. She will meet many interesting, like-minded people from around the world who share her passion and dreams. She will be bored with you.



So never date a girl who travels unless you can keep up with her. And if you unintentionally fall in love with one, don’t you dare keep her. Let her go.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Deixe um recadinho! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...