sexta-feira, 7 de março de 2014

Como uma criança, assim eu quero ser:

Oi pessoal! Tudo bem com vocês? Espero que sim! Hoje eu quero conversar sobre umas pessoinhas lindas que cruzam o nosso caminho a todo instante. Eu gosto muito delas e pode ser que a sua casa seja repleta delas. Já sabe de quem estou falando? Pois é, das crianças. Eu amo ficar observando o comportamento delas. Acho que nós adultos temos muito a aprender com os pequenos.
Dias atrás, eu assisti a um vídeo que me fez pensar muito no que uma criança tem a nos ensinar. O nome do vídeo é “Cuerdas” (é em espanhol, mas é bem tranquilo de entender, até porque, as imagens falam muito). Este foi um material bem difundido na internet, mas, se você ainda não viu, vou deixar o link aqui
A história é de um menininho tetraplégico, que não tem nenhum movimento motor. Ele é deixado em um orfanato, onde encontra uma única amiguinha que, de alguma maneira, acreditou nele. Não vou dizer muito porque eu acho que compensa mais assistir. Depois que eu assisti, eu pude refletir porque um dia Jesus disse que se nós não nos tornarmos como crianças, não entraremos no Reino do céu.
As crianças são puras, sinceras. Elas sabem amar de verdade. Acreditam do fundo do coração que a vida pode ser sempre melhor, não guardam rancor e estão sempre de braços abertos para receber o novo, o diferente. Ah, como eu gostaria de ser como as crianças! Parece que a gente vai crescendo e perdendo a capacidade de ver o que há de bom nas pessoas; de ver além das aparências.
            Nós precisamos mais do que nunca aprender com os pequenos. Existem muitas pessoas que tem chorado e sofrido pelos revezes da vida e nós podemos ser para elas o bálsamo, o consolo, a resposta. Quer fazer um combinado comigo? Vamos lutar pra deixar o preconceito de lado e sorrir mais, abraçar mais e amar mais? Topa o desafio de voltar a ser criança? Tenho certeza que não vamos nos arrepender! Um grande abraço pra você e até o próximo post!



2 comentários:

  1. *-*
    Ah, o filme é emocionanteee... E mostra como a vida de uma pessoa pode ser influenciada com simples atitudes. Um sorriso, um abraço, uma palavra de carinho, ou mesmo um ombro amigo. Que diferença fazem, não? Acho que pais são o tipo de pessoa mais afortunada do mundo, pois podem conviver com a pureza do carinho incondicional de uma criança. E acho que é por isso que se tornam tão sábios quando nós, filhos, chegamos a uma fase onde esquecemos a ingenuidade e vulnerabilidade de uma criança. Com certeza, teríamos um mundo melhor ao nosso redor se tivéssemos esses olhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo Babi! Acho que o blog ganhou uma ótima leitora. Suas contribuições e pontos de vista são sempre bem-vindas! Beijos.

      Excluir

Sua opinião é muito importante para nós. Deixe um recadinho! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...