terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Um Caráter Semelhante ao de Cristo


Olá Galera, como estão às coisas? Qual o maior patrimônio que uma pessoa pode ter? Com certeza é um caráter nobre. E como alcançá-lo? Ai você terá que ler o texto a baixo.
 

Porque morrestes, e a vossa vida esta oculta juntamente com Cristo, em Deus. Colossenses 3:3.

Jesus é o modelo perfeito. Em vez de procurar agradar-nos a nos mesmos e seguir nossa própria vontade, procuremos refletir a Sua imagem. Ele era bondoso e cortes, compassivo e terno. Somos semelhantes a Ele nestes aspectos? Procuramos tornar nossa vida perfumada com boas obras? O que necessitamos é a simplicidade de Cristo. Receio que, em muitos casos, um espirito cruel e insensível, que é inteiramente contrário ao do Modelo divino, tenha tomado posse do coração. Este principio impassível, que tem sido acalentado por tantos e que ate tem sido considerado uma virtude, tem de ser completamente removido, para que nos amemos uns aos outros assim como Cristo nos amou. 

Não basta que meramente professemos a fé; requer-se algo mais que assentimento nominal. Tem de haver verdadeiro conhecimento, uma experiência genuína nos princípios da verdade como é em Jesus. O Espirito Santo tem de atuar interiormente, introduzindo esses princípios a forte luz de uma consciência esclarecida, para que conheçamos seu poder e os tornemos uma viva realidade. A mente deve prestar obediência a regia lei da liberdade, a lei que o Espirito de Deus grava no coração e torna clara para o entendimento. A expulsão do pecado tem de ser o ato da própria alma, pondo em exercício suas faculdades mais nobres. A única liberdade que a vontade finita pode desfrutar consiste em estar em harmonia com a vontade de Deus, cumprindo as condições que a tornam o homem participante da natureza divina, livrando-se da corrupção das paixões que há no mundo. ... 

O caráter humano e depravado, deformado pelo pecado e muito diferente do caráter do primeiro homem, quando acabou de ser formado pelas mãos do Criador. Jesus quer tirar a deformidade e o pecado das pessoas, e dar-lhes, em troca, a beleza e a excelência de Seu próprio caráter. Ele Se empenha em renovar a alma pela verdade. O erro não pode realizar essa obra de regeneração; precisamos ter, portanto, boa visão espiritual para discernir entre a verdade e a falsidade, e para não cair na cilada do inimigo. —The Review and Herald, 24 de Novembro de 1885.
 

Espero que vocês tenham gostado, e até a semana que vem.
 

REFERENCIA:

WHITE, Ellen Gold. Meditação E Recebereis Poder, CPB; 1955.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Deixe um recadinho! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...