segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Sessão Saúde: O Preço do vício!

Gente boaa!! Como estão?

Quanto custa ter um vício? Seja ele qual for, nunca é barato, e olha que eu nem estou falando necessariamente de dinheiro, hein! Podemos enumerar diversos vícios que a humanidade já cultivava há séculos e outros que foram surgindo através da modernidade e das tecnologias, temos vícios que prejudicam a saúde (dependências químicas), vícios que prejudicam os relacionamentos (sexo, pornografia, internet) e vícios que afetam o bolso (consumismo).

Em seu livro intitulado: Cigarro, um adeus impossível, o Dr. Flavio Gikovate trás a seguinte declaração: 

"O vício é a existência de um vínculo forte unindo um ser humano a uma coisa ou situação. O exemplo mais claro de dependência a uma situação é o jogo; mas há também quem coloque nesta categoria dos vícios o prazer em roubar, a tendência de se fixar demais em pornografia, em jogos eróticos de conquista, no trabalho. Exemplos claros de dependências por substâncias químicas são o cigarro, o álcool, drogas e alguns tipos de compulsão para comer."

Tem pessoas que dizem não estarem viciadas, porém o seu comportamento prova o contrário:

"Uma boa forma de distinguirmos hábito de vício é o tamanho da saudade que a ausência provoca quando estamos viciados. Posso estar super habituado a comer doces todo dia.Se tenho uma relação normal com a comida, e o médico me pede para que eu não coma coisas com açúcar por um certo tempo, posso me ressentir discretamente e, depois de alguns minutos, nem me lembro mais do problema. Se sou viciado em comer doces - e isto não é nada raro - não me conformarei assim tão fácil; ficarei ansioso, deprimido, tentarei encontrar algum meio de transgredir o combinado, não conseguirei deixar de pensar no assunto, com dor e saudade, um dia sequer. E quando puder, sairei comendo tudo o que me foi subtraído e mais um pouco."

Aqui no RS temos um jornalista e famoso comentarista de um dos principais jornais e meios de comunicação, com extrema dificuldade de largar seu principal vício: o Cigarro.

Numa entrevista ao Jornal Zero Hora, ele declara: "Pela oitava vez em minha vida, estou tentando parar de fumar visando a não adquirir o segundo câncer, já que tive o primeiro dois anos atrás. (...)
Ou seja, além de colocar minha vida em risco máximo, gastei em cigarros até agora mais de meio milhão de reais, dinheiro que soneguei para variados e hipotéticos benefícios para as duas esposas que tive e os três filhos que tenho.

É demais, é uma estupidez, uma loucura!"

Deixar um vício não é tão simples quanto parece, mas temos um conselho bíblico capaz de transformar nossa vida:  “levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo” (2 Cor. 10:5), colocando isso em prática, com certeza venceremos!

Qual o seu vício? O que é necessário fazer para vencê-lo? Vamos! Me dê a mão e vamos juntos pedir pra que sejamos libertados, plea graça Divina!

Imagens da internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Deixe um recadinho! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...