sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

BATE-PAPO com DENIS CRUZ




Boa tarde amigos, hoje temos novidades no blog, conseguimos nossa primeira entrevista com autor. O Bate-papo de hoje é com Denis Cruz, autor dos livros Além da Magia, O Livro Amargo, A Descoberta, entre outros.
DENIS CRUZ


 ELeD: 1)Sempre tive curiosidades como, quais autores você gosta de ler? E dentre os estilos literários, qual você lê mais?
DENIS CRUZ: Leio quase tudo que vem parar em minhas mãos, principalmente ficções, pois me interesso muito pela estrutura da narrativa desse gênero. Quanto à estrutura e linguagem, gosto da maneira que Tolkien, Lewis, Brown e Rowling tratam a trama. São ótimos escritores, com alguma ressalva ao conteúdo, claro.
ELeD: 2)Como funciona a criação de um livro novo para você, quais são os processos que você utiliza?
DENIS CRUZ: Eu não tenho um método para criar um livro. Não sigo um manual, propriamente dito. Costumo, em oração, pedir a Deus uma “ideia interessante”. Essa ideia geralmente surge na forma de uma cena e, então, começo a pensar nela, nos personagens e na história. Quando isso está maduro na mente, sento na frente do computador e deixo a história ser contada. Eu descubro a história e os personagens conforme vou escrevendo, assim como o leitor a descobre durante a leitura.
ELeD: 3)Em que ano seu primeiro livro foi publicado, qual o nome dele?
DENIS CRUZ: Em 2009 a CPB lançou meu primeiro livro, chamado Além da Magia. Ele pode ser visualizado aqui: https://www.cpb.com.br/produto-1074-alem+da+magia.html
ELeD: 4) Você chegou a escrever outros livros, que não foram publicados?
DENIS CRUZ: Sim. Tenho dois livros engavetados. Quem sabe um dia eles apareçam por aí.
ELeD: 5) O que levou você a  escrever para o público cristão? E na editora CASA?
DENIS CRUZ: Eu escrevia contos que não tinham qualquer relação com o universo cristão. Foi um período em que eu estava frio em relação à Deus e à religiosidade. Quando iniciei o caminho de volta para a casa do Pai, fui tocado a trazer o dom da escrita para Ele. Então aconteceram alguns eventos extraordinários, com orações respondidas em questão de minutos, que me conduziram até um editor da CPB e a uma promessa de ser lido e avaliado pela editoria da Casa. Nasceu, então, as primeiras linhas do Além da Magia. Um mês e meio depois o original foi apresentado para a editora e após seis meses recebia notícia de que iriam publicar o livro. Foi fantástico.
ELeD: 6) Em algum momento você pensou em desistir de concluir algum livro? E por quê?
DENIS CRUZ: Tenho alguns enredos esboçados e até mesmo começados. Não desisti de terminar nenhum deles.
ELeD: 7) Quando você escreveu o livro A Descoberta junto com o Michelson Borges, como foi a preparação do livro? Qual foi o papel de cada um na sua elaboração?
DENIS CRUZ: Como moro no interior do Mato Grosso do Sul, a maioria dos diálogos que tenho com o Michelson é por email e foi este o meio de comunicação que utilizamos para, durante três meses, trocarmos ideias sobre os personagens e enredo. O Michelson tinha o núcleo de personagens e o enredo na mente e a partir disso construí todos os conflitos e o fluxo da história. Eu redigia essa teia que entrelaçava a história, deixando espaço para os argumentos e encaminhava para o Michelson que a recheava com os debates e lapidava a história. Depois disso ele me devolvia e eu dava outro retoque, até concordarmos com o resultado final. Foi uma experiência muito gratificante.
ELeD: 8)Vocês se basearam em pessoas reais para criar os personagens? (Carlos, Laura e Bia)
DENIS CRUZ: A história e os personagens são fictícios, mas, no livro, há muito de nós e de pessoas que tivemos contato.  
ELeD: 9)Qual o maior objetivo ao escrever A Descoberta?
DENIS CRUZ: Falar sobre criacionismo e evolucionismo de uma maneira leve e atrativa, despertando o interesse sobre o tema.
ELeD: 10) Os questionamentos e dúvidas do personagem principal ocorreram em algum momento com você?
DENIS CRUZ: Todas as dúvidas e questionamentos que estão no livro foram vividas por mim, pelo Michelson ou por pessoas que tivemos contato. Há muito de nós e da nossa realidade em cada página do livro, tanto nas perguntas quanto nas respostas que Deus nos ofereceu.
ELeD: 11) Qual a maior critica que vocês receberam sobre o Livro?
DENIS CRUZ: Temos recebido muitas críticas positivas e, até agora, nada negativo. O livro é uma novidade no mercado, sendo o primeiro romance criacionista brasileiro e o público tem aceitado muito bem a obra. Em quatro meses a editora vendeu mais de uma tiragem.
ELeD: 12) Tem algum testemunho de uma pessoa que encontrou o Deus criador pelo livro? Você pode nos relatar?
DENIS CRUZ: O Michelson costuma publicar testemunhos no sitewww.criacionismo.com.br. O último que recebemos foi de uma leitora chamada Patrícia Vilela, onde ela diz “Sentada na cama e lendo as passagens que, aparentemente, tinham sido escritas especialmente para mim, pude ter a certeza de que o sucesso no trabalho, a estabilidade profissional, o reconhecimento na universidade, o apreço da família e dos amigos não são suficientes para preencher o vazio que há em nós quando estamos distantes do Senhor.”
Tem mais testemunhos como esse no linkhttp://www.criacionismo.com.br/search?q=descoberta
ELeD: 13) Você está trabalhando em algum livro no momento, pode nos contar alguma coisa?
DENIS CRUZ: Atualmente tenho várias ideias martelando a cabeça. Uma hora dessas uma delas decide vir para o papel. Estou orando e não vejo a hora disso acontecer e poder presentear o leitor com mais uma história gostosa de se ler.

ATÉ O PRÓXIMO POST, UM GRANDE ABRAÇO A TODOS. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Deixe um recadinho! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...